Fotografia e política: reflexões contemporâneas | ONLINE E EM DIRETO | 30/03

Data: 30 de março de 2021
Investimento: 73,80€ (preçário já inclui taxa de IVA vigente)
Horário: terças e quintas, das 13 às 15h30 – horário de Lisboa
Carga horária: 23 hrs/aula
Total: 10 aulas

Pré-requisitos: nenhum
Público-alvo: estudantes, fotógrafos, artistas, pesquisadores e interessados no tema

O curso “Fotografia e Política” oferece uma reflexão sobre os diálogos entre a fotografia e questionamentos políticos da atualidade. São abordados temas como imigração, terrorismo, colonialismo e pós-colonialismo, fornecendo um panorama histórico-antropológico da produção fotográfica como base para um pensamento crítico.

  • Todas as aulas online do f/508 são gravadas e fornecidas para que o aluno possa revisitá-las quantas vezes desejar 
    O curso inclui certificação, que poderá ser solicitada após a sua conclusão

Programa

Módulo 1: Fotografia e representação do Outro – Imigração, terrorismo e práticas coloniais. História da Fotografia; Imagens da Ciência com a reprodução de inferioridade racial e de género e suas consequências contemporâneas. Leituras teóricas & observação de fotografias produzidas por artistas contemporâneos

Módulo 2: Fotografia e Performance – A mulher na fotografia e suas reivindicações (sociais, raciais e econômicas). A fluidez de género. A performance e a fotografia enquanto documento. Releituras do colonialismo nas fotografias contemporâneas. Leituras teóricas & observação de fotografias produzidas por artistas contemporâneos.

Serão apresentados vários pontos de vista fornecido por artistas que põem em relevo suas próprias questões que referem aos problemas e discriminações de gênero, raciais, sociais e econômicas através de suas práticas fotográficas. Nesse sentido, as aulas acompanharão a discussão de textos teóricos de importância para a reflexão fotográfica e, também, contemplará a observação de alguma produção contemporânea de imagens, para que, assim, além da base teórica, encontre-se trabalhos representativos e ilustrativos de questões políticas que contemplem uma grande variedade de discursos que circulam dentro e fora do circuito hegemônico da arte contemporânea. A discussão de tais assuntos mostra-se pertinente e condizente com os debates contemporâneos da arte, da cultura visual, da filosofia e dos estudos pós-coloniais.

Professora

Lorena Travassos é Doutorada em Ciências da Comunicação (NOVA, Lisboa), no ramo “Comunicação e Arte”, com especialidade em Fotografia. Mestre em Comunicação (UFPB, Brasil) e fotógrafa. Atualmente é professora de História e Técnicas Fotográficas na Universidade Lusófona, na licenciatura de Fotografia, e investigadora assistente no projeto Photo Impulse (financiado pela FCT-PTDC/COM-OUT/29608/2017). É investigadora integrada do ICNOVA e formadora em cursos livres de projetos fotográficos em Lisboa.

Faça a inscrição via transferência bancária aqui ou via paypal aqui


Investimento: 73,80
Forma de pagamento: Transferência bancária ou Paypal

Local da aula: Plataforma Zoom (online)

Produção fotográfica em série | ONLINE E EM DIRETO | 14/04

Início: 14 de abril de 2021
Horários: das 20 às 22 horas
Quartas-feiras: das 20h às 22h (Lisboa)
Total: 6 aulas
Carga horária: 12 h/aula
Investimento: 135€

Nível de exigência: intermediário
Pré-requisitos: conhecimentos básicos de produção fotográfica
Público alvo: artistas, fotógrafos e interessados em desenvolver projetos tendo a fotografia como suporte para criação

A fotografia pode ser considerada essencialmente uma arte literária, na qual o fotógrafo não se trata de um manipulador de formas no interior do enquadramento fotográfico, mas, principalmente, um narrador que se utiliza de imagens em vez de palavras, um contador de histórias.

Uma série trata-se de um conjunto de imagens produzidas sobre uma linha editorial ou um tema estreito, bem definido. A sua função primária é desenvolver ou apresentar conceitos em forma de imagens. A sociedade, que na atualidade impõe sobremaneira o imagetico sobre o escrito, faz pensar. A partir dessa consideração, as fotografias podem ser analisadas como imagens que apresentam um imenso potencial de investigação social.

Obra de Alícia Cohim

Programa do curso

Aula 1
Apresentação do cronograma e objetivos do curso
Introdução aos temas trabalhados
Sugestão de suportes e suas possibilidades e derivações
Exercício: produção de mini-conto/Haikai fotográfico

Aula 2
Propostas dos 2 temas iniciais de produção para escolha: Tempo e memória / Identidade e Política
Referências artísticas e suas respectivas análises

Aula 3
Diálogos sobre o material produzido
Propostas dos 2 temas de produção para escolha: perdas e permanências / corpo: a invasão, o voyeur, o flaneur e o nu
Referências artísticas e suas respectivas análises

Aula 4
Diálogos sobre o material produzido
Propostas dos 2 temas de produção para escolha: a cidade como nervo ótico + arte: o extra-quadro
Referências artísticas e suas respectivas análises

Aula 5
Análise do material produzido e diálogo para estruturação final dos projetos.

Aula 6
Apresentação dos projetos finais
Comentários sobre o escoamento de cada trabalho

Obra de Alícia Cohim

Formador

Fotógrafo fine art, Humberto Lemos tem foco na fotografia minimalista com influência oriental. Atua como coordenador e professor no Espaço f/508 de Fotografia. Realizou a curadoria de diversas exposições e publicações virtuais, e desenvolveu projetos de inclusão social como o Retratando com Alma (2005), oficina fotográfica realizada com deficientes visuais, e o Libertas CAJE (2008), realizado com os internos da instituição. Foi professor da Secretaria de Cultura do Distrito Federal de 2005 a 2007. Portfólio: @humbertolemos


Investimento: 135€ (preçário já inclui taxa de IVA vigente)

Fotografia de Retrato e Moda | ONLINE E EM DIRETO | 16/04

Início: 16 de abril de 2021
Investimento: 179€ (preçário já inclui taxa de IVA vigente)
Horários
Sextas feiras: das 20h às 22h (horário de Lisboa)
Total: 08 aulas
Duração: 08 semanas
Carga horária: 16 h/aula

Pré-requisitos: domínio de fotometria
Público alvo: fotógrafos amadores ou profissionais interessados em aprimorar técnicas relacionadas à fotografia de pessoas, direcção, conceituação, iluminação e construção de retratos planejados e encenados.

O curso é composto por aulas expositivas visando ao domínio e ao entendimento da produção fotográfica de retratos comerciais e autorais.

Fotografar pessoas é muito mais difícil do que parece, e envolve reflexões sérias. Para um bom retrato é necessário técnica, domínio e percepção pra luz, direção objetiva e assertiva, punctum, composição. Falaremos sobre tudo isso de forma ampla, além de assuntos relacionados a construção de linguagem fotográfica, autoralidade, nichos de trabalho, como se destacar no mercado profissional e comercial. ⠀

O curso é destinado a fotógrafos profissionais e amadores, que desejam aprimorar seus conhecimentos e adquirir uma dinâmica de trabalho nas áreas de retrato e moda, vivenciando como funciona o dia-a-dia dos profissionais que atuam nestes ramos.

Formadora

Bacharel em Artes Plásticas pela Universidade de Brasília (UnB), Raquel Pellicano é fotógrafa e artista visual, com produção autoral e experimentações em linguagem fotográfica. Comercialmente, é especializada em retratos, nu feminino e registros de viagens. Com 33 anos, é sócia do Espaço f/508, ministra cursos e oficinas e está à frente do estúdio fotográfico. Criou o programa do curso de pós graduação em Fotografia como Suporte para a Imaginação, que teve início em março de 2018. Assinou diversos editoriais de moda, com trabalhos publicados nas revistas Vogue Brasil, Trip, VIP, Playboy e VIP moda. Em 2012, realizou uma palestra sobre fotografia e Retrato à convite da Fnac. Em 2020 participou do podcast Filosofia de Bar, com Mayã Fernandes, e do projeto Coleção Particular, de entrevistas com Raisa Pina. Atua em Lisboa e na Europa.

Programa do curso

1ª aula –
. O que é um retrato? Conceitos e reflexões
.Tipos de trabalhos comerciais com pessoas, suas diferenças/características: editorial de moda, Catálogo, fotografia publicitária, look-book, beauty, lifestyle, famílias, retratos corporativos, boudoir, retrato autoral, retrato documental.
. A equipa na produção fotográfica – Informações importantes acerca de styling, maquiagem, modelos e produção fotográfica
. Diferenças entre produção fashion e comercial
. Proposta de exercícios

2ª aula –
. Diferenças do meio digital/analógico
.Lentes adequadas para cada situação em retrato e suas respectivas características
. Técnicas de direcção e pose – como dirigir, o que nunca fazer
. Proposta de exercício
.Breve história da fotografia de retrato e moda

3ª aula –
.O conceito na fotografia de moda/retrato
.Em busca de uma linguagem autoral
.Iluminação em estúdio – dramatização/suavização, luz dura/luz suave, uso do flash de estúdio, sincronização de radioflash, modeladores de luz e seus resultados, gelatina colorida, montagem de estúdio fotográfico, usos e possibilidades da luz contínua

4ª aula – Tratamento de imagem básico para retratos, com Adobe Photoshop CC
.Remoção de manchas, espinhas e imperfeições
.Suavização da pele
.Remoção de olheiras
.Distorções
.Criação gráfica (dípticos e trípticos)

5ª aula –
.Percepção da luz natural
.Luz de janela
.Luz direta/contra-luz
.Luz de preenchimento
.Uso do rebatedor
.Flare
.Luz dura/ luz suave

6ª aula –
.Apresentação e análise de portfólio dos alunos
.Inserção no mercado fotográfico comercial
.Dicas sobre a criação de portfólio virtual
.Elaboração de orçamento
.Diálogo com clientes em potencial
.Discussões acerca do mercado fotográfico
.Considerações finais

Aula extra 1
.Postura, fala e diálogo durante a direção – com Ariadne Naves

Aula extra 2
. Autorretrato como forma de expressão e suas nuances, com Jacqueline Hoofendy


Formas de pagamento: transferência bancária ou Paypal
Investimento: 179€ (preçário já inclui taxa de IVA vigente)

Oficina de Fotografia de Gastronomia | ONLINE E EM DIRETO | 17/04

Data: 17 de abril
Investimento: 24,60€ (preçário já inclui IVA vigente de 23%)
Horário: sábado, das 13h às 15h – horário de Lisboa
Carga horária: 02 horas

Nível de exigência: básico
Pré-requisitos: câmera fotográfica ou telemóvel
Público-alvo: fotógrafos amadores e profissionais, produtores de conteúdos para plataformas online, blogueiros

A oficina visa fornecer aos alunos referências visuais e conhecimentos específicos inerentes a essa frente da fotografia comercial. O curso é destinado a fotógrafos amadores e profissionais que tenham interesse em obter maior domínio e experiência na fotografia de alimentos.
Será transmitida em direto via plataforma Zoom e contará com o acompanhamento da professora Raquel Pellicano

Professora

Bacharel em Artes Plásticas pela Universidade de Brasília (UnB), Raquel Pellicano é fotógrafa e artista visual, com produção autoral e experimentações em linguagem fotográfica. Com 32 anos, é sócia do Espaço f/508, ministra cursos e oficinas e está à frente do estúdio fotográfico. Criou o programa do curso de pós graduação em Fotografia como Suporte para a Imaginação, que teve início em março de 2018. Assinou diversos editoriais de moda, com trabalhos publicados nas revistas Vogue Brasil, Trip, VIP, Playboy e VIP moda. Em 2012, realizou uma palestra sobre fotografia e Retrato à convite da Fnac. Em 2020 participou do podcast Filosofia de Bar, com Mayã Fernandes, e do projeto Coleção Particular, de entrevistas com Raisa Pina. Já realizou trabalhos para diversos empreendimentos, incluindo os estabelecimentos Quintal, Ces’t la Vie e Severina, além dos restaurantes dos hotéis da rede Royal, em Belo Horizonte e São Paulo.


Faça a inscrição via transferência aqui ou via paypal aqui


Investimento 24,60€ (preçário já inclui IVA vigente de 23%)

Formas de pagamento:
transferência bancária ou Paypal

Oficina de Pinhole | ONLINE E EM DIRETO | 24/04

Início: 24 de abril
Investimento: 24,60€ (preçário já inclui taxa de IVA vigente)

Data: 10 de abril
Horário: sábado, de 18h às 20h30 (Horário de Lisboa)
Carga horária: 2h30/aula

Nível de exigência: básico
Pré-requisitos: habilidade manual básica (colar, dobrar, recortar, costurar, manusear papeis e tecidos). 
Público-alvo: a oficina foi desenvolvida para entusiastas e interessados em processos criativos de natureza autoral

*As aulas serão transmitidas através do aplicativo Zoom

Na oficina será trabalhada a técnica de construção de uma câmera fotográfica artesanal utilizando como corpo da câmera uma caixa de fósforos (matchbox). Não é necessária experiência com câmeras ou
técnicas fotográficas para participação.

Esta técnica parte do principio da câmara escura utilizada pelos pintores antes mesmo da invenção da fotografia, onde em uma caixa com um vidro em uma extremidade e um furo na outra, os artistas usavam as figuras projetadas no vidro para reproduzir as paisagens.

Material necessário:

– Corretivo liquido;
– Agulha 0,2 mm;
– Filme fotográfico Asa 100 ou Asa 200;
– Tubo de Filme Vazio;
– Tinta Preta e Pincel;
– Copo descartável;
– Estilete
– Lapiseira
– Fita Isolante;
– Fita cola;
– Palito de gelado;
– Papel Alumínio;
– Tesoura;
– Papel Cartão Preto;
– Caixa de Fósforo Fiat Lux 6×4 cm;
– Régua.

* O curso conta com apostila em .pdf e certificação em sua conclusão.

Em nossa prática utilizaremos a técnica da câmara escura para construir uma câmara fotográfica analógica com um filme fotográfico 35mm que será sensibilizado a partir de um furo feito com agulha.

Matchbox
Match – Fósforo
Box – Caixa
Matchbox Pinhole Câmera – Câmera simples feita utilizando uma caixa de fósforos cuja abertura do diafragma é provida por um furo de agulha.

Professor

Télio Luiz é graduado em Engenharia Civil, com especialização em cálculo estrutural e fundação, tem experiência na área de Governança de Tecnologia da Informação e Gerenciamento de Projetos e Processos, desenvolve pesquisas sobre processos fotográficos históricos, adotando uma mistura de técnicas tradicionais e contemporâneas na criação de imagens. Como especialista em gerenciamento de projetos, adota metodologia específica na elaboração e condução dos trabalhos fotográficos que utilizam as técnicas pinhole, cianotipia e goma bicromatada. Possui vários cursos de Fotografia: 2016, Fotografia Experimental em Grande Formato, (Carga horária: 40h) Universidade de Brasília; 2015, Goma Bicromatada: monocromia e policromia, (Carga horária: 48h), Universidade de Brasília. Diversas exposições fotográficas: “Era tiro de festim”: lógica dramatúrgica e ocultamento cósmico no palco osmaniano — IV ELO — Descortinando o Teatro de Osman Lins – Memorial Darcy Ribeiro – UnB – Brasília. Além disso, cursou no período 2018/2019 a Pós Graduação em Fotografia como Suporte para Imaginação.



Investimento: 24,60€
Forma de pagamento: transferência bancária ou Paypal

Local das aulas: Plataforma Zoom (online)

Oficina Cianotipia | ON-LINE E EM DIRETO | 08/05

Início: 08 de maio de 2021
Horários: sábado, das 14h às 17h (horário de Lisboa)
Carga horária: 03 h/aula
Investimento: 22€

Nível de exigência: iniciante
Pré-requisitos: ver material necessário
Público alvo: interessados em processos artesanais, estudantes de fotografia, artistas e
professores.

Na oficina será trabalhada a técnica de Cianotipia, processo experimental de reprodução de imagens, proporcionando uma vivência única com resultados que possibilitarão o aprendizado de novos desdobramentos estéticos. Não é necessária experiência com câmeras ou técnicas fotográficas para participação.

A Cianotipia foi descoberta em 1842 por Sir Willian John Herschell, vindo de uma família de cientistas e com descobertas importantes, apresentou um artigo na Academia de Ciências com seus estudos sobre Antotipia e Cianotipia.

A Cianotipia se popularizou como Blue Print e sua amiga botânica Anna Atkins passou a utilizá-la para documentar espécimes do reino vegetal, colocando-as sobre papel sensibilizado e expondo o conjunto ao sol produzindo fotogramas. Atkins produziu o primeiro livro ilustrado fotograficamente “Photographs of British Algae:
Cianotype Impressions”.

Oficina Rastros Visuais

*O participante da oficina será responsável por adquirir os químicos para Cianotipia, papéis e os materiais de uso individual como medidor, pincel, imagem impressa em transparência ou materiais para realizar fotogramas, suporte em duratex, vidro e bandejas.

Material necessário:

– Luvas;
– Máscara;
– Avental;
– Químicos para Cianotipia;
– Recipiente para misturar os
químicos;
– Papel Aquarela 300g/m 2 (Ex.
Montval);
– Pincel;
– Pinça para manusear o papel;
– Bandeja um pouco maior que o
papel;
– Imagem com um bom nível de
contraste ou material para
fotograma;
– Negativo impresso em
transparência de acetato;
– Suporte de madeira ou Duratex;
– Chapa de Vidro maior que o papel;
– Mesa de luz UV ou expor ao Sol.

Durante a oficina será trabalhada a reprodução de imagens em suporte de Papel, no entanto, esta técnica permite a utilização de outros suportes como o tecido e o vidro.

Dicas para a Aquisição dos MateriaisOnline

Químicos – Citrato Férrico Amoniacal + Ferricianeto de Potássio —> 30€ (em média)
Camaras e companhia
https://www.diafragma8.com.br/boutique?page=3
Possibilita a confecção de 70 a 90 Cianótipos no tamanho A4

Papel para Aquarela
Ponto das Artes

Transparência de Acetato para impressão do Negativo
https://ww.pmelink.pt/catalog/143555-/papelaria/encadernacao/acetatos
*Quem tiver dificuldade para encontrar as transparências pode fazer a impressão do negativo utilizando papel vegetal e na hora da exposição ao sol deve deixar por mais tempo

Pincel Trincha
Pode ser qualquer pincel com cerda macia

Luvas, Máscara e Avental

Chapa de Vidro 5mm
Um pouco maior que o papel a ser utilizado, pode pedir para cortar em qualquer vidraçaria (lixe
as bordas para tirar o corte)

Chapa Duratex ou Madeira
Um pouco maior que o papel a ser utilizado

Bandeja Plástica Grande

Professor

Télio Luiz é graduado em Engenharia Civil, com especialização em cálculo estrutural e fundação, tem experiência na área de Governança de Tecnologia da Informação e Gerenciamento de Projetos e Processos, desenvolve pesquisas sobre processos fotográficos históricos, adotando uma mistura de técnicas tradicionais e contemporâneas na criação de imagens. Como especialista em gerenciamento de projetos, adota metodologia específica na elaboração e condução dos trabalhos fotográficos que utilizam as técnicas pinhole, cianotipia e goma bicromatada. Possui vários cursos de Fotografia: 2016, Fotografia Experimental em Grande Formato, (Carga horária: 40h) Universidade de Brasília; 2015, Goma Bicromatada: monocromia e policromia, (Carga horária: 48h), Universidade de Brasília. Diversas exposições fotográficas: “Era tiro de festim”: lógica dramatúrgica e ocultamento cósmico no palco osmaniano — IV ELO — Descortinando o Teatro de Osman Lins – Memorial Darcy Ribeiro – UnB – Brasília. Além disso, cursou no período 2018/2019 a Pós Graduação em Fotografia como Suporte para Imaginação.


Investimento
22€ (válido até 10 dias antes do início do curso)
Escolha a sua opção de pagamento no botão abaixo:

• Dúvidas? Entre em contato através do e-mail f508@f508.pt

Oficina de Animação Experimental | ONLINE E EM DIRETO | 15/05

Particular Collisions, 2013 – autor William Kentridge

Início: 15 de maio de 2021
Horários: aos sábados, das 14h às 16h (horário de Lisboa)
Total: 03 aulas
Carga horária: 06 h/aula
Investimento: 46,80€

Nível de exigência: básico
Pré-requisitos: 
nenhum
Público alvo: 
pessoas interessadas em processos experimentais, manuais e artesanais da animação

Com a finalidade de experimentar a linguagem, sem compromissos com narrativa, movimentos naturalistas ou desenho figurativo, a animação experimental possibilita uma experiência de explorar as infinitas possibilidades que a arte da animação oferece.

Utilizando técnicas tradicionais como Stop Motion, Desenho animado e Pixilation, a oficina possibilitará a criação de microfilmes experimentais com estética diferenciada e livre expressão.

Animação experimental 1, de Raquel Piantino

Conteúdo

– O que é experimental?

– Autores que produzem obras de cinema de animação não narrativo e
experimental.

– Técnicas e materiais para trabalhar a animação experimental.

– O uso de materiais de arte na animação experimental como: carvão, giz pastel,
tinta sobre vidro, massinha, objetos e etc.

Programa do curso

Aula 1:
– O que é a animação experimental
– Autores e animadores referências da animação experimental
– Quais técnicas são usadas em obras de animação experimental.

Aula 2:
– Como animar com materiais de arte: carvão, giz pastel, massinha, recorte ou objeto.
– Os equipamentos e software para captura de imagem.
– Orientação para exercício prático de animação.

Aula 3 :
– Diálogo sobre resultados dos exercícios práticos
– Introdução a finalização/montagem
– Fechamento

The Polish – non camera newsreel no 10 – 1985  autor: Julian Antonisz

•O curso inclui certificado
•Todas as aulas online do f/508 são gravadas e fornecidas para que o aluno possa revisitá-las quantas vezes desejar

Professora

Raquel Piantino é artista visual, animadora, diretora e educadora, tem como pesquisa e produção a animação tradicional. É autora de curtas metragens, animações experimentais e comerciais. Além de trabalhos digitais, a artista desenvolve animações mecânicas com Flipbooks e outros brinquedos óticos. Suas mais recentes criações foram o curta-metragem “Brasília 60+ 60 – Do sonho ao Futuro” e “Claudia e o Crocodilo”, onde atuou como diretora e animadora.


Investimento
46,80€ (válido até 10 dias antes do início do curso)
– preçário já inclui taxa de IVA vigente

Inscreva-se no curso e escolha a sua opção de pagamento no botão abaixo:

• Dúvidas? Entre em contato através do e-mail f508@f508.pt

Iniciação à fotografia + fotografia mobile | ONLINE E EM DIRETO | 20 abr 2021

Início: 20 de abril de 2021
Investimento: 56€ (preçário já inclui taxa de IVA vigente)

Horários
às terças e quintas, das 20h às 22h (aulas teóricas ao vivo + proposta de exercícios práticos) – Horário de Lisboa
Total:  5 aulas
Carga horária: 10h
Nível de exigência: iniciante
Pré-requisitos: câmara própria com modo manual
Público alvo: todos que desejam entrar no mundo da fotografia e ter domínio da câmara fotográfica no modo manual.

O Curso de Iniciação à fotografia do f/508 é composto por aulas expositivas em direto via plataforma Zoom e propostas de exercícios práticos (a serem realizados por conta própria por cada aluno e analisados posteriormente) que visam ao domínio completo da técnica fotográfica e uso do modo manual da câmara, essencial para a construção de imagens. Aborda também conceitos importantes de composição e estruturação fotográfica. Os alunos contam com uma análise de fotos pessoal e personalizada, que acontecerá aula a aula, por email (até 5 fotos por aula), e com certificação.

Programa do curso

Aula 1 
.Surgimento da fotografia;
.Princípio de formação da imagem numa câmara escura;
.Diferentes tipos de câmeras;
.Diafragma;
.Conceitos básicos de composição

Aula 2 
.Obturador;
.Uso do fotômetro;
.Sensibilidade (ISO);.
Temperatura de cor e balanceamento de branco;
.Conceitos básicos de composição;

Aula 3
.Objetivas (distância focal);
.Macrofotografia;
.Uso do flash;
.Percepção da luz;
.Conceitos básicos de composição

Aula 4 
.Panning e zooming;
.O arquivo digital: compactação e formatos de arquivos;
.Orientação para aquisição de câmeras;
.Dicas para fotografar assuntos distintos;
.Conceitos básicos de composição

Professor

Télio Pacheco desenvolve pesquisas sobre processos fotográficos históricos, adotando uma mistura de técnicas tradicionais e contemporâneas na criação da imagem. Como especialista em gerenciamento de projetos, adota metodologia específica na elaboração e condução dos trabalhos fotográficos que utilizam as técnicas Pinhole, Cianotipia e Goma Bicromatada.  O professor tem em seu currículo exposições individuais e coletivas em Brasília.

O que os alunos estão a comentar

Pessoalmente, tinha como objetivo do ano dedicar-me à fotografia que eu adoro mas que era aquele ser que fotografava no modo automático.
Nos tempos difíceis que vivemos, este curso permitiu que nem tudo fosse por água a baixo. Em poucas aulas fotografo em modo manual e até me orgulho de fotos que já consigo fazer.

O facto de ser possível ver e rever as aulas é excelente, pois é quando estamos a tentar concretizar os exercícios que surgem as dúvidas e lá vamos nós dar uma espreitadela.
Agradeço imenso à Raquel e ao Humberto pela dedicação, por transmitirem os seus saberes de uma forma genuína e pelas bases sólidas que dão aos vossos alunos.

Rita Ferreira

O curso foi maravilhoso, eu comecei do zero e aprendi muito coisa com vocês. Todas as duvidas que tive vocês conseguiram responder e me ajudar, os feedbacks das fotos também foram bons pra que eu tentasse de formas diferentes. Infelizmente não consegui mandar todos os exercícios por conta do meu trabalho que não parou, área da saúde tá um caos.. mas eu já peguei as pessoas aqui de casa e fui testando cada configuração que aprendi, mexendo um pouquinho pra ir descobrindo coisas novas e lembrando das aulas e das dicas que vocês deram hahah

Confesso que no início fiquei meio receosa por ser um curso online e eu nunca consegui ter muita disciplina, mas deu muito certo e eu consegui entender todo conteúdo e sair sem dúvidas. Agora é só pegar esse conhecimento e ir aprimorando, e com certeza já estou aguardando os próximos e torcendo pra que essa pandemia acabe logo pra ter as aulas presenciais também.
Foi um prazer e espero que nos encontremos em breve, obrigada.

Erika P.S.

Há muito tempo que queria inscrever-me num curso de fotografia, mas o facto de ter de conjugar horários sempre me desmotivou. Neste curso encontrei o melhor dos dois mundos: não precisei de sair de casa e tive acesso a imensa informação interessante que me ensinou técnicas que há muito tentava usar. Além disso, em cada aula são nos dados exercícios que põem em prática aquilo que aprendemos. Adorei!

Lara Luís

O curso Iniciação à Fotografia ministrado pelos fotógrafos Humberto Lemos e pela Raquel Pellicano é fantástico! O conteúdo das aulas é robusto, mas como  as aulas são didáticas, fica fácil aprender os conceitos e as técnicas.
Outrossim, a plataforma utilizada permite uma interação da turma com os professores e há a disponibilização do material utilizado na aula para os alunos revisitarem o conteúdo. Muitíssimo obrigado!

Felipe Ribeiro Cardoso

Investimento: 56€ (preçário já inclui taxa de IVA vigente)
Formas de pagamento: Paypal ou transferência bancária

Local das aulas: Plataforma Zoom (online)

Sessão de Yoga no Estúdio com Karla Pellicano | 13/04 às 10h

A programação gratuita de abril vai começar com um evento inédito no f/508: o nosso estúdio fotográfico vai receber um sessão de Hatha Yoga, conduzida por Karla Pellicano.

A sessão de 1 hora será dividida em duas partes: no início, teremos um bate-papo que introduzirá os participantes à prática da Hatha Yoga; depois, 40 minutos de aula.

Para inscrições, envie o nome completo para equipef508@gmail.com e aguarde a confirmação de inscrição. Não há necessidade de conhecimento prévio para participar da sessão de Yoga. Se puder, traga um tapete ou canga para a prática.

Ha significa sol e é representado pelo sol do seu corpo, a sua alma. Tha significa lua, que representa a sua consciência, a sua mente. Então o Hatha Yoga é a busca do equilíbrio entre as forças solar e lunar, respectivamente masculina e feminina. Isto é conseguido através da união da mente com a alma. Uma das características do Hatha Yoga é a plena atenção na ação.

Karla é instrutora de Yoga formada pela Escola de Yoga Clássico de Brasília, pela AdarshaYoga, Yogaterapia com Vitor Caruso e Yoga Educativa com Maurício Salem. Concluiu o curso de condutor de meditação Vipassana e o treinamento com Fabiano Benassi de Yoga para Empresas. Atualmente, é professora de Yoga no Espaço Aroeira, no Espaço Soma Cultura da Saúde, na 410 sul, na Unb e no Park Way e Bodytech do Sudoeste.

Cinema & Gastronomia
| 18/04 às 19h

No dia 18 de abril, teremos o encontro entre duas grandes artes: o Cinema e a Gastronomia. Na tela, o filme brasileiro “Estômago”, de 2008; na bandeja, pratos inspirados no enredo do filme. O filme, dirigido por Marcos Jorge, foi premiado como Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Ator no Festival do Rio de 2007.

O Cinema & Gastronomia faz parte da nossa programação gratuita. Para inscrições, envie um e-mail para equipef508@gmail.com com nome completo e aguarde confirmação de inscrição.

O protagonista do filme é interpretado pelo ator João Miguel. Raimundo Nonato (João Miguel) foi para a cidade grande na esperança de ter uma vida melhor. Contratado como faxineiro em um bar, logo ele descobre que possui um talento nato para a cozinha. Com suas coxinhas Raimundo transforma o bar num sucesso. Giovanni (Carlo Briani), o dono de um conhecido restaurante italiano da região, o contrata como assistente de cozinheiro. A cozinha italiana é uma grande descoberta para Raimundo, que passa também a ter uma casa, roupas melhores, relacionamentos sociais e um amor: a prostituta Iria (Fabiula Nascimento).

Em 2017, a primeira edição do Cinema & Gastronomia exibiu três episódios de uma série que se passava em restaurante japonês. A cada episódio, um novo prato era servido.

Desde o começo do ano, o Cine f/508 já exibiu Elena, Construindo Pontes e três curtas, na Mostra Mulheres no Cinema DF.